domingo, outubro 31, 2010

INTERNAZIONALE ULTRAPASSA MILAN MAS É A LAZIO QUE SEGUE FIRME NA PONTA.

A 9ª rodada do Campeonato Italiano começou na Sexta Feira, com a vitória da Internazionale contra o Genoa, em Gênova por 1 x 0. O resultado fez a equipe de Rafa Benítez ultrapassar o rival Milan. Só que no dia seguinte a equipe de Ronaldinho Gaúcho e Thiago Silva, que não jogaram machucados, teve a chance de ficar novamente a frente do rival. O adversário era a Juventus. Gols de Quagliarela e Del Piero complicaram a vida do Milan e nem o gol de Ibra perto do fim salvou a equipe da derrota.

Os resultados deixavam a Inter a apenas um ponto do líder Lazio, que a equipe de Roma ainda entraria em campo, hoje, para enfrentar o Palermo fora de casa. E com um golaço do zagueiro brasileiro André Dias, a equipe venceu por 1 x 0, garantiu mais três pontos e está 4 a frente da vice líder Inter.

Confira abaixo os demais resultados da rodada:

Cesena 0 x 1 Sampdoria
Parma 0 x 0 Chievo
Cagliari 2 x 0 Bologna
Brescia 0 x 1 Napoli
Bari 0 x 2 Udinese
Roma 2 x 0 Lecce

Classificação
1 Lazio 22
2 Internazionale 18
3 Milan 17
4 Juventus 15
5 Napoli 15
6 Sampdoria 14
7 Chievo 14
8 Udinese 13
9 Roma 12
10 Palermo 11
11 Genoa 11
12 Lecce 11
13 Cagliari 10
14 Catania 10
15 Fiorentina 9
16 Brescia 9
17 Parma 8
18 Cesena 8
19 Bologna 8
20 Bari 8

BORUSSIA VENCE MAINZ E ASSUME A PONTA DA BUNDESLIGA.


Por Danilo Silveira

Líder e vice-líder da Bundesliga, Mainz 05 e Borussia Dortmund se enfrentaram hoje em um bom jogo de futebol no Stadion Am Bruchweg. Após o apito final, o torcedor do Borussia pôde comemorar a vitória por 2 x 0 que fez a equipe assumir a ponta da tabela.

Empurrado por sua torcida o Mainz tomou a iniciativa do jogo e tentou pressionar o adversário nos primeiros minutos. Mas a primeira grande chance foi dos visitantes, com Lucas Barrios, que depois de lindo passe de Schmelzer, ficou cara a cara com o goleiro mas tocou rasteiro pra fora a direita. Aos 17, bola atrasada para o goleiro Wetklo, do Mainz , ele se atrapalhou e por pouco a bola não entrou. O Borussia começou a se soltar no jogo e ser melhor que a equipe da casa. E aos 26, Kagawa tocou para Gotze que carregou da esquerda pro meio e chutou para abrir o placar. Festa da torcida visitante que comparecia em bom número ao estádio. E aos 33, Schmelzer chutou de fora e quase ampliou, mas Wetklo espalmou para escanteio. Assim o jogo foi para o intervalo, o Borussia conseguiu conter a pressão do Mainz e aproveitou os erros defensivos para começar a segunda etapa em vantagem.

O técnico T. Tuchel trocou Bungert por Risse no intervalo e o Mainz começou a segunda etapa melhor. Logo no início, Allagui apareceu pela esquerda e cruzou para Szalai que sofreu pênalti. Era a grande oportunidade dos donos da casa empatarem o placar e colocarem fogo no jogo, mas Polanski bateu no canto esquerdo e Weidenfeller pulou para defender. Mas o Mainz não desistiu e continuou pressionando, com um toque de bola muito bom, mas a zaga do Borussia dava pouco espaço dificultando a criação. Aos 18, Kagawa arriscou de fora da área e Wetklo fez boa defesa. Três minutos depois saiu o segundo gol do Borussia. Gotze apareceu pelo meio e abriu na esquerda para Barrios, que driblou o goleiro e completou para as redes. O gol freou um pouco o ímpeto da equipe da casa, que já não pressionava tanto quanto no início. O técnico do Borussia precisou tirar o zagueiro Hummels da partida e colocou o brasileiro Felipe Santana. Pouco depois, T. Tuchel sacou Holtby para colocar Schurrle, mas o panorama do jogo era o mesmo. Aos 30, Fuchs cobrou falta com perigo e Weidenfeller espalmou para escanteio. Com o resultado positivo, J. Klopp fez duas alterações até o fim do jogo, tirando os autores dos gols Gotze e Lucas Barrios para colocar Lewandowski e Antonio da Silva, enquanto no Mainz, Ivanschitz entrou na vaga de Allagui. O apito final não demorou a soar e o Borussia é o novo líder da Bundesliga.

O Mainz não fez uma partida ruim. A equipe mostrou qualidade e alguns jogadores já despertaram a atenção do técnico da seleção alemã Joaquim Low. A disputa promete ser acirrada no campeonato alemão nessa temporada. Por enquanto 25 x 24 para o Borussia, em apenas 10 rodadas disputadas.

ESTRELAS BALANÇAM A REDE NO ESPANHOL.

Por Danilo Silveira

Hoje os gigantes da Espanha estiveram em campo. Real Madrid e Barcelona prometem uma disputa ponto a ponto nessa temporada. E as estrelas das duas equipes apareceram hoje balançando as redes.

O Barcelona goleou o Sevilla no Camp Nou por 5 x 0. E no dia em que Maradona, o maior ídolo argentino, completou 50 anos, Messi tratou de balançar a rede duas vezes. Daniel Alves e David Villa duas vezes completaram o placar.

Fora de casa o Real Madrid venceu o Hércules. A equipe da casa saiu na frente com um gol do experiente Trezeguet e os galácticos foram para o intervalo em desvantagem. No começo da segunda etapa, Di Maria empatou a partida. E perto do final apareceu um tal português que atende por Cristiano Ronaldo para marcar duas vezes e garantir a vitória e a liderança do Real Madrid, do também português, José Mourinho.

sábado, outubro 30, 2010

BALANÇO DA RODADA 32 DO BRASILEIRÃO.


Por Danilo Silveira

Agora faltam apenas 6 rodadas para o final do Brasileirão. Porém, muitas emoções ainda podem pintar por aí.

A rodada 32 deve ter frustrado mesmo os torcedores gaúchos. O Grêmio, que estava a 7 pontos do Fluminense, foi ao Rio pretendendo vencer e diminuir essa vantagem. Não só deixou de vencer como perdeu, ficando agora a 10 pontos do líder, perto do adeus ao título e um pouco mais distante da zona dos classificados para a Libertadores.

No Rio de Janeiro, a rodada foi boa para as equipes que estão lutando pela ponta e razoável ou indiferente para quem está mais atrás. O Fluminense voltou a vencer ao superar o Grêmio e se manteve na ponta. O Botafogo arrancou três pontos do Galo fora de casa e está na zona da Libertadores, contanto que um brasileiro não vença a sul americana. O Flamengo empatou em casa com o Corinthians e perdeu a chance de se distanciar mais da zona da degola, mas continua com uma distância razoável, de cinco pontos para o primeiro dentro da zona. O Vasco foi goleado pelo Vitória e vê a Libertadores muito distante, mas para alívio do torcedor, também está longe da zona de rebaixamento.

No Estado de São Paulo foi ao contrário, quem está na frente vacilou e quem vem de trás venceu. Mas para os times que lutam para não cair, a rodada foi terrível. O São Paulo superou o Furação em casa e somou mais três pontos na briga pela Libertadores. O Palmeiras venceu o Goiás dentro de casa e ainda sonha com a Libertadores. O Santos empatou e viu os líderes se distanciarem, o mesmo aconteceu com o Corinthians. O Prudente perdeu e se aproximou muito da zona de rebaixamento e só escapa da degola por um milagre. O Guarani também perdeu e está bem próximo da zona de rebaixamento, só não está dentro dela pois o Atlético MG também perdeu.

Em Minas, situação oposta entre as equipes. O Cruzeiro venceu o Prudente fora de casa e está na cola do líder Fluminense, com a mesma pontuação, mas em desvantagem no saldo de gols. Já o Galo perdeu em casa para o Botafogo e voltou para zona da degola.

Os Goianos seguem na luta para não cair para a série B. A situação está pior para o Goiás, que perdeu mais uma e está na vice-lanterna. Já o Atlético GO está um pouco melhor, mas corre perigo. A equipe de René Simões está fora de zona, mas empatou em casa com o Ceará, perdendo a chance de se afastar mais ainda.

Para as equipes do Nordeste a rodada não foi de toda ruim. O Ceará empatou fora de casa com o Atlético GO e não deve brigar por nada mais nesse campeonato. Muito distante da zona da Libertadores, a equipe já conseguiu abrir uma boa distância dos últimos colocados e deve mesmo é disputar a sul americana ano que vem. Abaixo na tabela, o Vitória saiu da zona da degola ao golear o Vasco no Barradão por 4 x 1. Com a derrota do Galo a equipe abriu três pontos de vantagem, mas ainda está muito ameaçada.

O Atlético PR vê seu rival Coritiba cada dia mais perto da ascensão para a primeira divisão. E quase diretamente proprocional, cada dia mais longe sua vaga na Libertadores 2011. Depois de empatar em casa com o Fluminense, a equipe perdeu para o São Paulo e ficou longe da zona dos classificados.

O Avaí venceu o Goiás no confronto direto para tentar fugir da zona da degola. Mas a equipe ainda está entre os 4 últimos em situação muito delicada.

CRUZEIRO VENCE E ESTÁ NA COLA DO FLU.

Por Danilo Silveira

O Cruzeiro está na cola do líder Fluminense. Jogando fora de casa, contra o lanterna Prudente, a equipe de Cuca soube se impor no primeiro tempo e construiu o placar que garantiu mais três pontos. Durante a segunda etapa a equipe não fez boa partida mas conteve a equipe prudentina.

O jogo começou bem equilibrado e estudado. A primeira grande chance foi aos 14, quando Thiago Ribeiro recebeu pela esquerda de Fabrício, mas errou o chute. Quem foi mais feliz na finalização foi o zagueiro Léo, que acertou um canudo de fora da área no ângulo direito do goleiro para pôr os mineiros na frente. Aos poucos, a equipe foi se soltando em campo e dominando o Prudente. Mas os paulistas quase empataram em falta cobrada da direita na área que Roberto completou, mas Fábio atento defendeu no centro do gol. Aos 39 saiu o segundo gol do Cruzeiro em cruzamento perfeito de Gilberto para Robert, que subiu por trás da zaga para cabecear para o fundo das redes.

Na segunda etapa o Cruzeiro caiu de produção e não mostrou um futebol convincente. O desesperado Prudente encurralou a equipe de Cuca, que não conseguia sair para o jogo. Aos 21, Fábio espalmou para escanteio um perigoso chute. Vendo que sua equipe não conseguia produzir, Cuca resolveu mexer, tirando Marquinhos Paraná e colocando Pablo e logo em seguida trocando Gilberto por Everton. Mas não havia jeito da equipe melhorar na partida e aos 35 Thiago Ribeiro saiu para a entrada de Roger. O jeito foi se segurar na defesa e esperar o apito final, que não demorou para chegar, e comemorar mais três pontos.

Agora, o Cruzeiro tem 57 pontos, mesmo número que o Fluminense, mas os cariocas levam vantagem pelo melhor saldo de gols. O Prudente tem 24, só pode atingir 42 e está muito próximo do rebaixamento para a série B.

VITÓRIA GOLEIA O VASCO E RESPIRA.

Por Marcos Freitas

Com a corda no pescoço e necessitando vencer para sair da zona da degola, o Vitória goleou o Vasco por 4 a 2 neste sábado pela 32ª rodada da Série A.

Desde os primeiros minutos, o rubro-negro optou por atacar os cruzmaltinos que acuados, levaram o primeiro gol em jogada de Adaílton pelo lado direito. De forma envolvente, os baianos continuavam criando chances e ampliaram com Elkeson de fora da área em falha Fernando Prass e com Neto Coruja em lance fortuito na pequena área.

Atordoado, o Vasco viu-se obrigado a reagir e descontou antes dos cinco minutos do 2° tempo na cabeçada de Nunes, que havia entrado no decorrer do jogo. Pouco tempo depois, Zé Roberto quase escorou cruzamento da direita, o que dava a impressão de que a reação vascaína seria questão de tempo. Porém, em bonito lançamento da intermediária, Junior, artilheiro do Vitória no campeonato, recebeu, girou sobre o uruguaio Jadson Viera, e chutou sem chances para Fernando Prass.

A torcida do Vitória, que comparecia em grande número ao Barradão, devido à promoção da Diretoria pelo jogo de número 500 do estádio, cantava alto e provocava o rival Bahia aos gritos de “O Elevador quebrou”, uma referência a uma brincadeira da torcida tricolor de que o time subiria para a Série A e o Vitória cairia para a B. Apesar da vantagem no placar, o rubro-negro continuou partindo para cima e poderia ter ampliado a vantagem, tamanha facilidade oferecida pela zaga adversária. No fim, Fumagalli, descontou de falta, mas a vitória de 4 a 2 premiou a disposição do Vitória que agora com 37 pontos, deixa a zona de rebaixamento provisoriamente. Já o Vasco, continua com 42 pontos na 12ª posição.

VITÓRIA MAGRA MANTÉM ARSENAL NA COLA DO CHELSEA.

Por Marcos Freitas


O Arsenal conseguiu uma vitória magra, mas importantíssima por 1 a 0 sobre o West Ham na tarde deste sábado no Emirates Stadium, em Londres. O gol da vitória foi marcado por Alexander Song, já nos acréscimos no segundo tempo. O resultado, mantém o clube londrino, agora com 20 pontos, na cola do líder Chelsea que está 5 pontos a frente.

Os primeiros 20 minutos de jogo começaram com os dois times apenas estudando o adversário. A partir da segunda metade do primeiro tempo, o Arsenal tomou a iniciativa do jogo, e perdeu duas ótimas chances com Fábregas e Song, o segundo de cabeça. No entanto, o West Ham, mostrava perigo nos contra-ataques, puxados pelo centroavante Piquionne.

No segundo tempo, os Gunners foram mais incisivos e perderam inúmeras chances, a melhor delas, uma falta de Nasri que estourou no travessão. Em pelo menos quatro vezes, o goleiro Green fez intervenções importantes, que evitaram a abertura do placar. No entanto, perto do apito final, após excelente cruzamento, o valente meia Song, finalmente inaugurou o placar, em um gol fundamental para as pretensões do Arsenal no campeonato. E a caça ao líder Chelsea continua !

DE VIRADA, CHELSEA VENCE E SEGUE FIRME NA PONTA.

Mesmo com uma atuação bem abaixo do normal, O Chelsea conseguiu vencer o Blackburn, fora de casa, de virada. O resultado serviu para os Blues seguirem firme na liderança, com folga de 5 pontos para o segundo colocado.

O jogo começou em ritmo lento e o Chelsea tentava dominar as ações mas era pouco incisivo. Assim, o Blackburn foi perdendo a timidez e começou a chegar ao gol de Peter Cech, que fazia boas defesas. Mas aos 21, o goleiro foi batido. El-Hadji Diouf cruzou da esquerda e Mwaruwari completou de cabeça para o fundo das redes. Burocrático e sem criação o Chelsea não mostrava sinais de reação. Na equipe da casa, Givet saiu machucado para a entrada de Olsson. Quando tudo levava a crer que o chove não molha dos Blues iria pelo menos até o intervalo, eles resolveram reagir. Essein arriscou de fora e a bola passou perto à esquerda. Aos 38 saiu o gol de empate em lindo lançamento de Malouda para Drogba que escorou de cabeça para Anelka completar para as redes.

O segundo tempo começou chato sem muitas oportunidades e aos 16, grande chance para o Blackburn. Cruzamento rasteiro da esquerda e a bola chegou no segundo pau para M. Diouf que chegou uma fração de segundo atrasado e não conseguiu completar para o gol. Para tentar melhorar sua equipe, Ancelotti colocou Sturridge na vaga de Malouda e no primeiro lance dele na partida, o jogador trouxe do meio para a esquerda e chutou de fora da área e a bola passou perto, tocando na rede pelo lado de fora. Aos 35 foi a vez do time da casa mexer: saiu El-Hadji Dioud para a entrada de Dunn. Aos 37, por muito pouco o Blackburn não chegou ao segundo gol. Roberts recebeu no mano a mano com Aslhey Cole, driblou o lateral e saiu na cara de Peter Cech, finalizando rasteiro a esquerda, mas a bola saiu muito perto, chegando a derrubar a garrafinha de água posicionada perto da trave. No minuto seguinte veio o gol de desempate da partida, e foi do Chelsea. Zhirkov cruzou da esquerda e Ivanovic, de cabeça, deu mais três pontos para o poderoso Chelsea, que mesmo sem jogar bem, levou muita sorte, fator essencial para os vitoriosos.

BAHIA DÁ GRANDE PASSO PARA VOLTAR À ELITE.

Quatro jogos movimentaram hoje a série B pela 32ª Rodada, que começou Terça Feira e será completada amanhã. Veja os jogos abaixo:

Brasiliense 2 x 0 Icasa - O time de Brasília, comandado pelo técnico atual campeão brasileiro, Andrade, venceu o Icasa e chegou a 34 pontos. A equipe está na 17ª posição e luta para não cair para a terceira divisão. Para isso, precisa ultrapassar mais um adversário, lembrando que o 16º é o Náutico, com 38 pontos.

Náutico 0 x 1 Guaratinguetá – Rebaixado para a série B em 2009, o sonho do Timbu era voltar rapidamente à elite. Mas isso não aconteceu e a equipe acumulou tantos resultados negativos que agora luta para não cair. Hoje, a equipe foi derrotada dentro de casa pelo Guaratinguetá e está com 38 pontos, apenas 4 acima do Brasiliense, que é o primeiro time dentro da zona dos quatro últimos, que serão rebaixados para a série C.

ASA 1 x 1 Portuguesa – Um empate ruim para as duas equipes em Alagoas. Com o resultado as duas equipes praticamente deram adeus ao sonho de chegar à elite do futebol brasileiro. Os paulistas têm 47 pontos e estão a 8 do G4, já os alagoanos estão com 45, a 10 da zona de classificação.

Paraná 0 x 1 Bahia – E a Bahia está em festa, o clube mais popular da capital venceu hoje o Paraná, jogando fora de casa, e chegou a vice liderança, dando enorme passo para voltar à elite do futebol nacional depois de 7 anos.

MAIS UMA LISTA DE MANO MENEZES.

Não paro de elogiar o técnico Mano Menezes desde a sua primeira convocação como técnico da seleção brasileira. Hoje, mais uma vez fiquei satisfeito com os nomes dos jogadores chamados para o amistoso contra a Argentina dia 17 de novembro. Segue abaixo a lista e depois farei os comentários:

Goleiros: Victor (Grêmio), Jefferson (Botafogo), Neto (Atlético-PR);

Laterais: Daniel Alves (Barcelona), Rafael (Manchester United), André Santos (Fenerbahçe), Adriano (Barcelona);

Zagueiros: Thiago Silva (Milan), David Luiz (Benfica), Alex (Chelsea), Réver (Atlético-MG);

Meio-campistas: Lucas (Liverpool), Jucilei (Corinthians), Sandro (Tottenham), Elias (Corinthians), Ramires (Chelsea), Douglas (Grêmio), Philippe Coutinho (Internazionale), Ronaldinho (Milan);

Atacantes: Robinho (Milan), Neymar (Santos), Pato (Milan) e André (Dynamo Kiev).

O fato é que é apenas a terceira convocação, mas podemos perceber que Mano está optando, e parece que não abrirá mão disso, por jogadores em sua maioria jovens, leves, rápidos e com muita qualidade. Para o gol Mano está apostando em Victor e Jéferson, presentes em todas as listas para jogos. Será que Júlio César volta? Para a zaga, o treinador parece ter estabelecido dois nomes de confiança, David Luiz e Thiago Silva. A pergunta é se Lúcio e Juan voltam, aliás, não sei nem se Mano saberia responder essa questão.

No meio campo Mano parece depositar muitas esperanças em Philippe Coutinho. Elias e Jucilei que recentemente trabalharam com o técnico também conquistaram pela segunda vez seus nomes na lista. A grande sensação sem dúvida é Ronaldinho Gaúcho, que depois de muito tempo volta à Seleção Brasileira. A surpresa no meio foi Douglas do Grêmio. Jogador habilidoso que atua na posição do clássico camisa 10, realmente eu não esperava por esse nome na lista. Para o ataque, Mano manteve a dupla do Milan, Robinho e Alexandre Pato, o segundo por enquanto é o homem gol da, digamos, “Era Mano”. Por fim, o menino Neymar volta a ter seu nome na lista. Sem mais comentários sobre ele, sem palpites e sem pré-julgamento, vamos esperar pra ver o que o garoto vai “aprontar”. Esperemos que ele “apronte” coisas boas, de preferência com a bola nos pés.

Ouço muitas pessoas comentando o fato de Mano não ter convocado Marcelo (Real Madrid) e Hernanes (Lazio). Acho Marcelo mais jogador do que o André Santos e creio que ele ainda vai fazer parte de futuras convocações. Quanto ao Hernanes também é um nome que pode pintar por aí em breve, mas o Brasil é muito bem servido de volantes.

sexta-feira, outubro 29, 2010

RETRANCADO, FLU GARANTE MAIS TRÊS PONTOS.

Enfim, o Fluminense reencontrou o caminho da vitória, mas a atuação da equipe...

Até que o tricolor carioca começou bem, tomando a iniciativa do jogo e levemente melhor na

partida. Com um minuto, Marquinhos recebeu por trás da zaga mas isolou. Mas logo o outro tricolor, o gaúcho, equilibrou as ações e quase abriu o placar numa das muitas falhas da zaga do Fluminense. Leandro Eusébio foi afastar uma bola da área e chutou em cima de Gum, a bola voltou contra o gol e quase entrou. Mas logo depois a equipe de Muricy Ramalho abriu o placar. Chute de fora da área de quem? Conca. A bola entrou no canto direito de Victor que não conseuiu alcançar. Aos poucos o Grêmio cresceu na partida e quase empatou em chute de Souza que passou perto e em cabeçada de André Lima que tambémpassou muito perto. E em um dos últimos lances da primeira etapa, Washignton cruzou da direita mas a bola saiu estranha e quase entrou, seria o segundo gol da equipe de Laranjeiras.

A segunda etapa foi praticamente ataque contra defesa. Muricy trancou o time todo e não deixava o GrÊmio penetrar na área. Partir para o ataque era coisa rara. Aconteceu duas vezes com perigo. Uma, Júlio César na cara do gol colocou pra fora. Na outra, quando a bola ia saindo Conca colocou o pé para ampliar. De resto, um show de bicos pra frente. O Grêmio foi valente, lutou até o fim, jogava bem trocava passes mas nâo conseguia furar a zaga adversária. Na melhor chance, quando o placar ainda apontava 1 x 0, André Lima desperdiçou chance de cabeça sozinho. Após o apiuto final, festa da torcida do Fluminense. Pra falar a verdade, a torcida teria que estar é preocupada, pois com Muricy e essa péssima mania que lhe está sendo peculiar de retrancar o time todo, vai ser difícil aguentar mais 6 rodadas. Se a equipe quer realmente ser campeã brasileira precisa fazer por onde e ter coragem de jogar futebol e não apenas impedir que o adversário crie oportunidades de gol.

quinta-feira, outubro 28, 2010

TRICOLORES SE ENFRENTAM NO ENGENHÃO.

De um lado, o Tricampeão Brasileiro e técnico do Fluminense, equipe com melhor campanha no primeiro turno da edição 2010, Muricy Ramalho. Do outro, Renato Gaúcho, técnico do Grêmio, clube onde foi ídolo como jogador e agora aceitou o desafio de ser técnico. Até agora ele foi bem e é líder do segundo turno. Promessa de um grande jogo hoje no Engenhão.

Creio em um favoritismo para a equipe gaúcha. O departamento do Fluminense está movimentado e Deco, Fred, Émerson e Diogo não vão para campo. Assim o meio campo carioca fica enfraquecido e a defesa não é lá das mais confiáveis. Mas quem sabe o Washington não desencanta e faz a festa da torcida.

O imortal, como é chamado o Grêmio por sua fanática torcida, tem o artilheiro do Brasileirão até o momento, Jonas. Ultimamente ele tem feito gol em quase todos os jogos. Atuar no meio da zaga com Gum e Leandro Eusébio e servido dos passes de Douglas pode ser proveitoso para ele.

Confesso que não sou amante dos técnicos que vão estar em atuação. O estilo de jogo de Muricy não é dos que mais me agrada e ainda não vi Renato Gaúcho ter uma seqüência boa. Com méritos ele dirigiu um dos melhores times brasileiros da década que foi o Fluminense, adversário de hoje, que chegou à final da Libertadores em 2008. Mas depois, o mesmo Renato Gaúcho não conseguiu manter o bom rendimento e deixou a equipe na zona de rebaixamento quando foi demitido. Comentários à parte, que a bola role e tenhamos um grande jogo.

FLAMENGO PRESSIONA CORINTHIANS, MAS PARTIDA TERMINA EMPATADA.

No duelo das duas maiores torcidas, não houve vencedor. Quando o juiz apitou o final da partida, o placar marcava 1 x 1. Pior para o Corinthians que luta pelo título Nacional.

Na primeira etapa o Flamengo apresentou-se sonolento, burocrático e sem criação. O ataque 3D de Vanderlei Luxemburgo, com Deivid, Diogo e Diego Maurício não funcionou, e mesmo sem o dorminhoco Kléberson a equipe estava apática. A melhor chance veio em um chute de fora da área executado por Renato Abreu, que Júlio César espalmou. O Corinthians mostrou um sistema defensivo bem arrumado, mas também não foi muito exigido pelo ataque adversário. O poder de ataque do Timão também não foi lá dos melhores. Um Ronaldo com perfil de ex jogador e uma barriga pra lá de saliente é a mesma pessoa que conquistou um título Mundial e brilhou muito na carreira como um dos melhores atacantes do mundo. Por isso, ele mete medo. Mais pelo nome que pelo futebol apresentado. E quando a bola sobrou limpa, ele teve a calma e a paciência de colocá-la no canto esquerdo de Marcelo Lomba para abrir o placar.

O Rubro Negro precisava reagir, e para isso, Luxa sacou Deivid, que teve péssima atuação, e colocou Marquinhos. A postura do time mudou. O incansável Diego Maurício dava uma canseira na zaga corintiana por todos os lados do campo, Renato Abreu pelo meio e Marquinhos pela esquerda faziam o time envolver o Corinthians. E o gol não demorou a sair. Escanteio cobrado da esquerda e depois do desvio, Diogo, de cabeça, marcou seu primeiro gol com a camisa rubro negra. Empurrado pela massa o Flamengo veio pra cima. Mal no jogo Willians deu lugar a Corrêa e a equipe continuou em cima. Mas foi por pouco que o Corinthians não desempatou o jogo, Bruno César cobrou falta com capricho e a bola pegou no travessão e no rebote Juan salvou antes que a bola chegasse ao pé Ralf. Foi a única chance concreta do Timão na segunda etapa. Tite trocou Iarley por Danilo, mas a equipe continuou com uma postura defensiva. Ronaldo ainda tentou iniciar uma arrancada pra tentar desempatar a partida mas foi desarmado, o Flamengo marcava bem e trocava passes rápidos, mas o apito final não demorou o soar e não havia tempo para mais nada.

Com o resultado o Timão empatou em números de pontos com os líderes Fluminense e Cruzeiro e pelo saldo de gols está a frente dos mineiros e atrás do Tricolor, mas essas equipes ainda jogam nessa rodada. Enquanto isso, o Flamengo chegou a 39 pontos, cinco acima da zona do rebaixamento.

quarta-feira, outubro 27, 2010

WALCOTT MARCA DUAS VEZES E ARSENAL AVANÇA.

O Arsenal venceu hoje o Newcastle, fora de casa, por 4 x 0 e avançou para as Quartas de Final da Copa da Liga Inglesa. A equipe da casa chegou ao confronto com moral por ter tirado, nada mais nada menos que o Chelsea em pleno Stanford Bridge. O jogo começou em ritmo acelerado, com chances para os dois lados nos primeiros minutos. A melhor oportunidade veio aos 13 para os donos da casa, quando o Nile Ranger driblou o goleiro Szczesny mas chutou em cima da zaga que colocou pra escanteio. E depois da cobrança, a bola sobrou e Alan Smith carimbou o travessão. Mas daí em diante a partida ficou muito pegada, com uma marcação forte e nada de produtivo. Perto do fim da primeira etapa, Eboue desceu pela esquerda e chutou cruzado, mas a bola pegou na rede pelo lado de fora. E quando tudo indicava que o jogo iria para o intervalo zerado, saiu o gol dos Gunners. Cobrança de escanteio da esquerda, depois do desvio, Rosick mandou para o meio da área e Bendtner cabeceou para o gol, a bola passou pelo goleiro Krul e Steven Taylor cortou em cima da risca, só que por um azar tremendo a bola voltou na cabeça do arqueiro que estava caído e entrou.

Veio a segunda etapa e os donos da casa tinham que reagir. Mas aos 8 minutos veio o segundo gol dos visitantes. Rebatida de bola do meio de campo que encontrou Walcott no meio da zaga, o atacante saiu na cara do gol e deu uma cavadinha por cima do arqueiro para ampliar. Detalhe que no momento da rebatida o atacante Bendtner estava em posição irregular, mas ele não participou diretamente do lance. Porém, fica a dúvida se ele fez ou não falta no defensor na hora que estava voltando no lance. Precisando da vitória, o técnico dos donos de casa colocou Jonas Gutiérrez em campo. Jogando pela esquerda do campo, o argentino deu trabalho para a defesa adversária e sua equipe parecia perto de diminuir o marcador. Mas em uma bobeira do meio campo, Fábregas roubou bola e tocou para Bendtner na esquerda, o dinamarquês cortou pra direita e chutou cruzado na gaveta para fazer o terceiro. Vitória quase consolidada e ainda deu tempo para Walcott receber cara a cara novamente e dessa vez chutar rasteiro para fazer o seu segundo gol na partida e fechar a conta: Newcastle 0 x 4 Arsenal.

PRIMEIRO FLAMENGO X CORINTHIANS DA HISTÓRIA DO ENGENHÃO COM EQUIPES EM SITUAÇÕES OPOSTAS NA TABELA.

Hoje, a Rodada número 32 do Brasileirão 2010 terá início. Porém, apenas uma partida. Mas não é um joguinho qualquer, é Flamengo x Corinthians, os dois clubes com as maiores torcidas do Brasil. Mas não esperem um grande público. O tempo anda meio estranho pelo Rio de Janeiro e a moda do Engenhão parece que ainda não pegou, o estádio não tem lotado nem nos clássicos. Alías, será a primeira vez que o Rubro Negro recebe o Timão nesse estádio.

Acredito que o jogo é bem mais importante para o Corinthians que para o Flamengo. Isso porque a equipe do Parque São Jorge luta pelo título nacional no ano do seu centenário. Título esse que o Flamengo venceu ano passado, mas em 2010 não tem tido muito sucesso e está lá pra trás na tabela. Mas bons resultados recentes, obtidos após a chegada de Vanderlei Luxemburgo, afastaram um pouco o fantasma do rebaixamento, palavra que assombrou o Corinthians em 2007 e 2008.

O histórico recente dessas duas equipes mostra uma vantagem para o Flamengo. Em 2007, ano em que o Timão foi rebaixado, houve dois confrontos. O primeiro, em São Paulo, terminou 2 x 2, já o segundo, na reta final, terminou com vitória rubro negra. No ano seguinte, o Fla venceu as duas partidas. A primeira por 1 x 0 no Maraca com gol de Adriano e a segunda por 2 x o em São Paulo, dois jogos antes da equipe carioca sagrar-se campeã. E tem mais. Neste ano, as equipes ficaram frente a frente nas oitavas de final da Libertadores. A primeira partida foi no Rio de Janeiro e Adriano novamente garantiu a vitória por 1 x 0, com gol de pênalti. No jogo de volta o Timão abriu 2 x 0, mas Vágner Love descontou, garantindo a classificação Rubro Negra. No Brasileirão, o Timão venceu o jogo de ida por 1 x 0, com golde Elias.

Tenho certeza que a Fiel corintiana não quer nem ouvir falar nesses últimos confrontos de anos anteriores nem na Libertadores 2010, enquanto os Rubro Negros não querem mudar esse recente histórico hoje no Engenhão. Palpites? Deixo para vocês leitores.

GIRO PELAS COPAS EUROPÉIAS.

Copa da liga inglesa

O Manchester United avançou às Quartas de final ao derrotar o Wolverhampton por 3 x 2. Os gols dos diabos vermelhos foram amrcados por Bebé, Park-Ji-Sung e Chicharito Hernandéz. Confira os demais resultados:

Birmingham* 1 x 1 Brentford (Birmingham venceu por 4 a 3 nos pênaltis)
Ipswich 3 x 1 Northampton
Leicester 1 x 4 West Bromwich
Wigan 2 x 0 Swansea

Nesta Quinta mais três jogos. Destaque para o Arsenal, que enfrenta o Newscastle. Confira os jogos:

Aston Villa x Burnley
Newcastle x Arsenal
West Ham x Stoke City

Copa do Rei

Fora de casa, o Barcelona venceu o Ceuta da terceira divisão espanhola, por 2 x 0, com gols do brasileiro Maxwell e Pedro. Agora, a equipe de Joseph Guardiola pode perder o jogo de volta no Camp Nou por um gol de diferença.

A Real Madrid passou em branco nesta Treça contra o Murcia. A equipe de José Mourinho não passou de um empate em 0 x 9. Na partida de volta, a equipe vencedora assegura a vaga nas oitavas, em caso de empate com gols, o Murcia avança.

Copa da Alemanha

Com um gol de Josué, o Wolfsburg venceu o Victoria Hamburg da quinta divisão por 3 x 1. Além de Josué, os brasileiros Diego e Grafite jogam na equipe alemã, que classificou-se para a terceira fase da competição.

Copa da França

O Saint Étienne venceu o Bordeaux por 1 x 0 e classificou-se para às Quartas de Final. O gol foi marcado por Ndaw. Confira os demais resultados:

Monaco 1 x 1 Lorient (nos pênaltis Monaco 5 a 3)
Montpellier 2 x 0 Ajaccio
Valenciennes 4 x 0 Boulogne
Saint-Étienne 1 x 0 Bordeaux

COELHO VENCE E AFUNDA RAMALHÃO.

Dois jogos abriram hoje a 32ª rodada da série B do Brasileirão 2010.

Ponte Preta 2 x 2 Vila Nova

No Moisés Lucarelli, a Ponte Preta entrou em campo desesperada por 3 pontos para tentar se aproximar do G4. Mas a equipe paulista não passou de um empate em 2 x 2 com o Vila Nova e agora está a 9 pontos do quarto colocado, tornando mais complicada ainda a missão de disputar a série A em 2011. Já para o Vila o ponto ganho não foi de todo ruim. Com ele, a equipe agora está 6 pontos a frente do Ipatinga, que abre a zona de rebaixamento.

América MG 4 x 1 Santo André

Com dois gols do atacante Fábio Junior, o América MG reencontrou o caminho da vitória e venceu o Ramalhão por 4 x 1. Com o resultado a equipe mineira empatou em ponto com o Bahia e com o Figueirense, mas leva vantagem no número de vitórias e por isso assumiu a segunda colocação. A equipe ainda pode ser ultrapassada com o complemento dos jogos da rodada, mas com os três pontos de hoje a equipe não sai do G4 ao fim da rodada 32. Já para o Santo André o resultado foi péssimo. A equipe paulista, vice campeã Estadual, está na zona de rebaixamento e 6 pontos atrás do Naútico, que é o primeiro time fora do grupo dos 4 últimos que vão para a série C em 2011.


domingo, outubro 24, 2010

FORTES EMOÇÕES NO BRASILEIRÃO.

O Fluminense é o novo líder do campeonato Brasileiro 2010 ao final da rodada 31. Com a derrota do Cruzeiro no clássico mineiro, a equipe de Muricy Ramalho reassumiu o ponta mesmo empatando com o Furacão na Arena da Baixada. Falando em clássico mineiro, com a vitória a equipe de Dorival Junior saiu enfim da zona de rebaixamento, empurrando pra lá o Vitória, que perdeu ontem para o Botafogo. Vamos aos jogos:

Corinthians 1 x 0 Palmeiras – Com um gol de Bruno César, em que a bola desviou no adversário, o Corinthians reencontrou o caminho das vitórias, na estréia de Tite. Agora, a equipe soma 53 pontos e está a um dos líderes, Fluminense e Cruzeiro, sendo que os cariocas levam vantagem graças ao saldo de gols.

Goiás 1 x 0 Avaí – Jogo dos desesperados. Um gol de Bernardo ainda no primeiro tempo deu mais três pontos ao Goiás. Mesmo assim, a equipe comandada por Jorginho ainda está na zona de rebaixamento, assim como o Avaí.

Atlético-PR 2 x 2 Fluminense – Depois de um primeiro tempo sem muitas chances, onde cada equipe teve a oportunidade de abrir o placar em cobranças de faltas defendidas pelos goleiros, o jogo melhorou na segunda etapa. Muricy trocou Carlinhos por Júlio César e pouco depois Sérgio Soares tirou Elder Granja e colocou Wagner Diniz. E o gol atleticano parece ironia. Cruzamento da esquerda de Paulo Baier na área, Washington cabeceou contra a própria meta, fazendo contra o gol paranaense. Lembro que o atacante, hoje no Fluminense, em 2004 foi o artilheiro do Furacão no Brasileirão. Muricy sacou Diogo e colocou Feranndo Bob, e não demorou para Marquinhos acertar belo chute de fora da área e empatar a partida. Porém, aos 38 Wagner Diniz desceu pela direita tocou pro meio, mas a bola voltou para ele completar para o gol em posição duvidosa, era o Furacão novamente na frente. Mas pouco depois, pênalti infantil cometido em Tartá, que Conca cobrou para empatar e dar números finais à partida. Ponto precioso que devolve ao tricolor a liderança do campeonato.

Ceará 2 x 0 São Paulo – Com dois gols na primeira etapa, o Vozão se distanciou ainda mais do Z-4 e freou a seqüência de duas vitórias do tricolor de Carpegianni.

Grêmio 2 x 2 Inter – Depois de estar duas vezes a frente do placar, o Grêmio permitiu o empate do Inter e perdeu grande chance de encostar ainda mais nos líderes. Os colorados também não conseguiram subir muito na tabela, mas coma diferença que a equipe de Celso Roth vai disputar o mundial desse ano.

Santos 2 x 3 Grêmio Prudente – Zebra. A palavra que melhor define esse jogo. Ontem, apostei em uma goleada santista, e achei que ela estava começando quando o primeiro tempo virou 2 x 0. Três gols do Prudente, pênalti perdido por Neymar a derrota santista para o lanterna do campeonato, no dia em que Pelé estava recebendo homenagens por completar 70 anos. Vai entender o futebol!

Cruzeiro 3 x 4 Atlético-MG - Três de Obina, Galo fora da zona de rebaixamento e Cruzeiro perdendo a liderança. A torcida atleticana deve estar sorrindo, e muito. Quando o placar apontava 2 x 0 para o Galo, Montillo inventou de cobrar pênalti com cavadinha, batendo por cima do gol. E pouco depois Obina fez o terceiro dele. Gilberto diminuiu e a partida foi para o intervalo. Na segunda etapa o Cruzeiro pressionou, mas foi o Galo quem ampliou com Rever. Mas o poder de reação da equipe de Cuca apareceu. Dois gols de Thiago Ribeiro e pressão cruzeirense nos minutos finais. Mesmo com a derrota o Cruzeiro segue vivo na luta pelo título e o Galo precisa continuar somando pontos para fugir da segunda divisão.

Vasco 1 x 1 Flamengo – O clássico carioca foi marcado por uma entrada lamentável do zagueiro Dedé em Willians. Uma entrada criminosa e o jogador cruzmaltino levou o cartão vermelho. Vamos ver quanto tempo ele receberá de suspensão. Se ele jogar ainda nesse Campeonato, realmente a justiça desportiva cometendo mais um de seus absurdos. No campo, o Vasco fez 1 x 0 com Cesinha e o Flamengo empatou com o zagueiro David. Nos minutos finais, pressão rubra negra, mas o jogo terminou empatado.

DO JOGO VIOLENTO AO FUTEBOL BEM JOGADO, ARSENAL BATE MANCHESTER CITY POR 3 X 0.

No jogo mais esperado da rodada, vitória maiúscula do Arsenal sobre o Manchester City. Sonoros 3 x 0 em pleno City of Manchester Stadium. A equipe londrina dominou grande parte da partida e jogou um futebol bonito e envolvente para construir o placar.

Logo aos 4 minutos, o lance que facilitou a vida do Arsenal. Bola enfiada para Chamack e Boyata parou o atacante com falta. Por ser o último homem, o zagueiro foi expulso de campo. Durante algum tempo a partida ficou violenta demais. Denílson fez falta dura em Tévez e recebeu amarelo, Fábregas recebeu duas entradas duras de De Jong e Barry, mas só o inglês levou amarelo. Em meio às faltas duras, o Francês Nasri desceu pela esquerda, tabelou com Arshavin e chutou para abrir o palcar para os visitantes. Mas os cartões não paravam de sair. Fábregas recebeu amarelo por falta em De Jong. O volante Song recebeu amarelo por entrada em David Silva, se tivesse recebido o cartão pela entrada minutos antes, o camaronês poderia ter sido expulso. Fábregas foi derrubado na área por Kompany. Pênalti que ele mesmo cobrou no canto esquerdo de Hart, que fez a defesa.

Veio a segunda etapa e o Arsenal dominou o jogo. A equipe da casa não conseguia sair para o jogo e o meio campo da equipe londrina jogava muito bem. O jogador a menos parecia estar fazendo muita falta ao Manchester City. Chamack roubou bola de Boateng pela esquerda, tocou para Nasri que tabelou com Fábregas, mas chutou nas mãos do goleiro. Carlito Tévez saiu dando lugar a Adebayor e o City quase chegou ao empate depois de boa troca de passes que terminou com chute de David Silva e defesa de Fabiansky. De tanto rodar a bola, o Arsenal chegou ao segundo gol. Fábregas enfiou para Chamack, a zaga cortou e a bola sobrou para Song que chutou para estufar as redes. Nova mexida no City, saiu Barry para entrada de Balotelli. Mas a vitória do Arsenal parecia inevitável. Bendtner, que tinha acabado de entrar, recebeu lindo passe de Nasri e completou para as redes. Final: Manchester City 0 x 3 Arsenal.

DA-LHE CHICHARITO.

A polêmica da semana na Inglaterra foi o fato de Wayne Ronney afirmar que não quer renovar o contrato com o Manchester, que culminou em protesto da torcida ameaçando o jogador. Porém, a Premier League não dá pausa para os clubes contornarem seus problemas e a equipe comandada por Ferguson foi a campo hoje, sem o astro inglês. E o seu substituto foi fundamental na vitória por 2 x 1 fora de casa sobre o Stoke City. O mexicano Javier Hernández, conhecido como Chicharito, marcou dois gols na partida.

O Manchester foi para o intervalo à frente no placar. Cruzamento da direita, desvio na área e Chicharito aproveitou e completou de cabeça para o gol abrindo o placar. Na segunda etapa o Stoke City jogava levemente melhor que o Manchester, mesmo assim os visitantes poderiam ter matado o jogo. O juiz ignorou pênalti em Evra e um chute cruzado de Javier Hernandez passou perto. Duas substituições no Stoke City e a equipe chegou ao gol de empate. Tuncay e Gudjohnsen foram a campo. O islandês rolou para trás e Wilson abriu na direita para Tuncay, o turco avançou, trouxe para dentro, limpou a marcação e chutou no ângulo direito de Van Der Sar.

A essa altura as cosias tinham realmente complicado para o Manchester que não dava sinais de que teria forças para buscar a vitória. Mas quando o relógio marcava quase 40, Berbatov cruzou, Scholes desviou, Evra dominou, girou e bateu cruzado para Chicharito, na hora certa, no lugar certo completar para o gol. Festa para a primeira vitória da equipe fora de casa na competição. Final: Stoke City 1 x 2 Manchester United.

sábado, outubro 23, 2010

ENFIM MAIS 3 PONTOS.

Oito empates seguidos. Assim o Botafogo entrou em campo hoje para enfrentar o ameaçado pelo rebaixamento Vitória. E após o apito final, os presentes no Engenhão puderam enfim, comemorar uma vitória da equipe. Mas fácil não foi.

O Vitória entrou em campo mostrando que não estava com o objetivo de só se defender. A equipe baiana rodava bem a bola tentando acelerar o jogo. O Botafogo estava desencontrado, não conseguia fazer uma boa partida. E assim o jogo foi se arrastando até que pouco antes do apito final da primeira etapa, Marcelo Cordeiro cobrou falta com perfeição no ângulo direito de Viáfara: 1 x 0 Botafogo.

A segunda etapa foi um teste para o coração dos alvinegros. O Vitória veio pra cima tentando o empate. Como a bruxa está realmente solta no departamento médico dos clubes brasileiros, Marcelo Cordeiro saiu de campo machucado. Loco Abreu estava sumido do jogo e Jóbson não criava muito, e quando teve a chance de rolar para o uruguaio ampliar, chutou para fora. E Joel Santana inventou de colocar Fahel na vaga de Jóbson. Vaias no Engenhão, acredito que para substituição e não para o atacante. O tempo demorava a passar e os baianos pareciam que empatariam a partida a qualquer momento. Aos trancos e barrancos o Botafogo foi se segurando. A torcida só acreditaria que o time voltaria a vencer após o apito final. E aos 48 minutos ele veio para alívio geral. O Botafogo vai dormir na zona de classificação para Libertadores!

COM O CARIMBO LUSITANO.

Segura esses portugueses, o Real Madrid está encantando. Atuação impecável dos galácticos. O português José Mourinho no banco e o compatriota Cristiano Ronaldo dentro das 4 linhas. Combinação perfeita que levou o Real aos 6 x 1 sobre o Racing Santander.

Lançamento perfeito de Di Maria para Higuaín abrir o placar, antes dos 10 minutos de jogo. O gol logo cedo aprece que deu tranqüilidade para o Real e deixou o Racing afobado. Aí entrou em ação um tal de Cristiano Ronaldo. Ainda no primeiro tempo ele fez o segundo e o terceiro, a partida caminhava para uma goleada. Linda troca de passes, jogo bonito, envolvente, esse era o cenário. Vale destacar a tabela entra Di Maria e Cristiano ainda na primeira etapa. O argentino tocou de letra para Cristiano que levou ao fundo, parou e cruzou na medida para Di Maria pegar de bicicleta. Seria um golaço! A bola passou a esquerda.

Veio a segunda etapa e Cristiano continuou seu show. Fez mais dois e o placar já marcava 5 x 0. Antes de deixar o campo, Ozil também marcou o dele. E o relógio marcava menos de 20 minutos. Dava tempo para mais. Porém a equipe diminuiu o ritmo, estava de bom tamanho. Ainda veio o gol de honra do Racing, que não estragou em nada a festa no Santiago Bernabéu. Final: Real Madrid 6 x 1 Racing Santander.

ZARAGOZA 0 x 2 MESSI

Ao estilo Barcelona e com o toque do melhor do mundo. Assim o Barcelona venceu mais uma no espanhol. Dessa vez a vítima foi o Zaragoza, que mesmo jogando em casa foi inoperante.

Um gol em cada tempo. O primeiro teve grande participação de Villa que recebeu no meio, chamou a marcação de três jogadores e deixou Leonel Messi frente a frente com o goleiro, o melhor do mundo tocou rasteiro para abrir o placar. Com a calma e paciência de sempre, a equipe de Joseph Guardiola mantinha a posse de bola, virava o jogo e esperava o melhor momento para penetrar na zaga adversária. Assim foi durante todo o segundo tempo. As coisas melhoraram ainda mais quando Ponzio foi expulso e o Barça ficou com um a mais.

Com o resultado, o Barça ultrapassava o Real Madrid de José Mourinho e o Villareal do artilheiro Nilmar, mas as equipes ainda jogam nessa rodada. Para garantir a vitória, depois do bate rebate na área, Messi chutou no canto esquerdo do goleiro e fechou a conta. Final: Zaragoza 0 x 2 Barça.

CHELSEA PASSA DIFICULDADES MAS VENCE MAIS UMA NO INGLÊS.

Nem show, nem chuva de gols. O Chelsea venceu neste sábado o Wolverhampton
por 2 x 0 no Stand Ford Bridge e abriu mais três pontos dos seus adversários e segue firme na liderança da Premier League. Quanto a atuação, a equipe de Carlo Ancelotti teve uma atuação burocrática, mas a força do conjunto dessa equipe é fantástica.

A primeira grande chance foi com o lateral português que voltou de contusão, Bosingwa, ele tocou, recebeu na frente e chutou cruzado para defesa do goleiro. O adversário jogava bem e o Chelsea encontrava muitas dificuldades, mas aos 22 veio o gol. Anelka tocou para Ashley Cole pela esquerda, o lateral inglês cruzou e Malouda tocou para as redes.

Sem muito brilho o jogo foi se arrastando e a segunda etapa foi marcada pelo Wolverhampton corajoso indo para o ataque, mas o Chelsea é uma equipe fortíssima e qualquer descuido pode ser fatal. Acontece que a equipe de Drogba estava pecando muito pelo preciosismo. O atacante marfinense recebeu enfiada de bola mas se atrapalhou ao tentar driblar o goleiro. Aos 35, veio o alívio para os torcedores. Kalou, que tinha entrado há pouco no lugar de Malouda, tocou para Drogba, que deixou para Essein, que devolveu na frente para Kalou chutar, vencer o goleiro e dra números finais ao jogo.

Desde Março o Chelsea não toma gol em seu estádio, foi na vitória por 7 x 1 em cima do Aston Villa. A equipe segue firme na luta por mais um título inglês, mas a torcida quer mesmo é o inédito título da Champions League. Com esse elenco, a equipe é uma das favoritas em qualquer torneio que disputar.

RODADA 31: CLÁSSICOS AGITAM O PAÍS DO FUTEBOL.


Para aqueles que gostam de futebol, ficar em casa domingo a tarde pode ser um programa sem custo e de muita emoção. Alías, o único custo é a conta de luz a ser gasta com a tevê ligada. Isso porque o brasileirão está na reta final e teremos um domingo de clássicos.

Primeiro vamos aos jogos deste sábado:

18h30m

Botafogo x Vitória – O glorioso busca uma arrancada para chegar próximos aos líderes. Ironia ou não, fui justamente contra o Vitória que a equipe começou uma arrancada no primeiro turno. Já a equipe baiana, meses depois de ser vice-campeã da Copa do Brasil, luta contra o rebaixamento. Acredito em vitória do Botafogo.

Guarani x Atlético-GO – As duas equipes estão fora da zona de rebaixamento mas muito próximo dela. Os paulistas têm 35 pontos enquanto os goianos somam 32. Jogo dos desesperados e aposto numa vitória goiana.

Eis que chegamos no domingo. Recheado de clássicos e promessa de muita emoção. Vamos aos jogos:

16h

Ceará x São Paulo – Não acredito que as duas equipes irão lutar por anda nessa reta final. Creio que garantam suas vagas na sul americana com tranqüilidade. Para este jogo, um empatezinho fica de bom tamanho.

Goiás x Avaí – Penúltimo contra antepenúltimo. Sabe o que pode acontecer no Serra Dourada. Arrisco um empate, que seria, a princípio, ruim para os dois.

Corinthians x Palmeiras – Luis Felipe Scolari no verdão contra Tite estreando no Timão. Cada clássico entre essas equipes é único e se diferenciam por algum motivo. Jogo propenso para algo inusitado. Sabe lá uns três gols de Ronaldo e festa corintiana ou uma vitória palmeirense com show de Kleber e revolta da fiel corintiana. Bem, prefiro ficar com empate.

Atlético PR x Fluminense – É bom a equipe de Muricy Ramalho abrir o olho. O Fluminense vive uma interessante situação no brasileiro. Ao mesmo tempo em que está a um ponto do líder, está a 7 do primeiro time fora da zona de classificação para a libertadores, que é justamente o Furação. Perder o jogo de domingo significa ficar com “apenas” 4 pontos do rival. Aposto em vitória paranaense.

18h30m

Santos x Prudente – Com todo respeito ao Prudente, escalar o Santos todo no Cartola Fc seria uma idéia interessante. Creio em goleada santista.

Grêmio x Inter – Promessa de grande jogo. O Inter, campeão da Libertadores de olho no mundial, mas a 7 pontos do líder. Já o Grêmio, em ascensão buscando uma vaga na Libertadores. Aposto na equipe de Renato Gaúcho.

Vasco x Flamengo – Clássico em clima de férias? Duvido. O Vasco ainda sonha com uma vaga na Libertadores, o Flamengo ainda precisa de uns pontinhos para eliminar riscos de rebaixamento. Quer saber? Vitória do rubro negro e evolução de Luxa diante de seu clube do coração.

Cruzeiro x Atlético-MG – Mesmo com apenas a torcida do Cruzeiro, o Parque do Sabiá vai ficar pequeno. Buscando seu segundo título nacional, o líder Cruzeiro enfrenta um desesperado atlético-MG, que mesmo em evolução, ainda não conseguiu dormir fora da zona de rebaixamento depois de sua melhora na tabela. Vencer o Cruzeiro de Cuca será uma difícil missão para o Galo. Vou de vitória cruzeirense.

sexta-feira, outubro 22, 2010

DUQUE DE CAXIAS FAZ NOVA VÍTIMA NA SÉRIE B.

Se subir para a elite do futebol brasileiro é um sonho distante para o Duque de Caxias, cair para a série C parece também não fazer parte da realidade atual da equipe carioca. Disputando a série B há dois anos, o único representante do futebol carioca nesta divisão vem fazendo uma boa campanha na série B. A equipe já conseguiu feitos interessantes como derrotar fora de casa Coritiba, Spot e Náutico. Hoje, a equipe conseguiu mais um bom resultado, derrotando o terceiro colocado, América MG, em São Januário.

A equipe foi melhor durante toda a primeira etapa e chegou ao gol em um escanteio cobrado da direita, que Lenílson desviou e Somália, livre no segundo pau, completou para as redes.

Na segunda etapa, a equipe mineira tentou encurralar o Caxias, mas esbarrou na falta de criatividade. Os contra ataques da equipe carioca levavam mais perigo ao gol mineiro. As coisas pioraram para os visitantes quando Dudu Araxá foi expulso de campo, ao receber o segundo amarelo por matar um contra ataque. Com isso, os mineiros não tiveram força para pressionar os Cariocas nos minutos finais. Assim, o Caxias venceu, chegando aos 45 pontos, ficando a 7 do quarto colocado Bahia. Já o América MG continua na terceira posição, mas pode ser ultrapassado pelos Baianos amanhã, no complemento da rodada.

Dois clássicos paulistas também movimentaram a noite desta Sexta na série B:

• Lutando para não cair, o Santo André venceu a Ponte Preta por 2 x 0, dificultando a vida do adversário na luta por um lugar na elite do futebol brasileiro.

• O Guaratinguetá recebeu o São Caetano e as equipes não saíram do 0 x 0. Distantes tanto da zona do rebaixamento como da zona de classificação para série A, tudo indica que as duas equipes vão permanecer na série B em 2011.

quinta-feira, outubro 21, 2010

AGUERO ENTRA E DECIDE.

O Atlético de Madrid, atual campeão da UEFA Europa League, entrou em campo hoje, buscando sua primeira vitória. O adversário foi o modesto Rosenborg, da Noruega. E a equipe espanhola não fazia grande partida, até a entrada do argentino Aguero, que mudou a história do jogo.
Desde o minuto inicial o Atlético dominou a partida. Porém, a equipe não jogava bem. Estava tendo dificuldades na criação das jogadas. Mesmo assim o gol saiu. Cruzamento da direita de Valera e o zagueiro uruguaio Godin cabeceou para abrir o placar. A inoperância do adversário era tanta que os espanhóis continuaram em cima, perto do segundo gol. Aos 44, porém, o Rosenborg quase empatou a partida chutando uma bola na trave.
Nos primeiros minutos da segunda etapa o Atlético teve a vitória ameaçada. O Rosenborg melhorou na partida e timidamente chegava ao ataque. Mas aos 20 minutos a partida mudou por completo. Isso porque Aguero entrou em campo na vaga de Forlán. Logo no primeiro minuto em campo, o argentino recebeu na área, limpou dois marcadores e tocou rasteiro para ampliar. Os espanhóis começaram a jogar com outra velocidade em campo, o argentino acelerava o jogo o Atlético voltou a dominar por completo a partida. Reyes tabelou com Aguero e na cara do gol encobriu o goleiro de cabeça. Final: Atlético de Madrid 3 x 0 Rosenborg.

EMPATE MORNO NA ITÁLIA.

Passados os jogos da rodada da Champions League, Napoli e Liverpool entraram em campo pela Liga Europa. Apesar do empate em 0 x 0, o ataque da equipe italiana deixou uma boa impressão. A verdade é que o primeiro tempo foi fraco, sem muita emoção. O único lance de perigo aconteceu aos 45, quando Cavani cruzou da esquerda e Hamsic tocou para o gol mas Konchesky salvou em cima da linha. Lance duvidoso, mas ficou a impressão de que a bola não entrou.

Na segunda etapa o jogo melhorou. Cavani, Lavezzi e Hamsic faziam a bola rolar com qualidade pelo meio, mas o Napoli, apesar de ser melhor, enfrentava dificuldades para penetrar na zaga adversária. Cavani recebeu na cara do gol mas acabou travado por Skertel e o chute ficou fácil para o goleiro Reyna. Pouco depois, cruzamento da esquerda e Cavani apareceu bem para cabecear, mas a bola saiu pela esquerda. Mas quem teve a melhor chance de abrir o placar foi a equipe inglesa. O holandês Babel recebeu pela esquerda na cara do gol e chutou, Morgan De Santics fez linda defesa com o pé, salvando a equipe da casa. Pelo Liverpool Joe Cole e Fabio Aurélio foram pra campo, pelo Napoli, Zuniga e Sosa entraram. Mas o empate persistiu e o Liverpool segue líder do grupo. Na outra partida, o Utrecht empatou com o Steaua em 1 x 1.



GIGANTES VENCEM NA CHAMPIONS LEAGUE.

E os gigantes caminham rumo a classificação às oitavas. Nesta Quinta, Manchester, Barcelona e Inter de Milão venceram seus jogos. Destaques para o jogo de 7 gols no San Siro.

* A Inter de Milão começou arrasadora. A equipe fez 4 x 0 na primeira etapa e no lance do segundo gol, o goleiro brasileiro, Gomes foi expulso. Tudo indicava que seria uma goleada histórica. Mas o futebol é fascinante e sempre nos prega surpresas. Placar final: 4 x 3 para os italianos.

* No Camp Nou, o Barça pressionou durante toda a primeira etapa, poderia ter saído com um placar elástico, mas saiu com diferença mínima no placar, gol de Messi. Na segunda etapa, mais um do melhor do mundo e a equipe de Joseph Guardiola assumiu a liderança do grupo. Final: Barça 2 x 0 Copenhagen.

* Na Inglaterra, nada de goleada do Manchester em cima do lanterna Busaspor. Apenas um gol de Nani, na primeira etapa e vitória da equipe de Ferguson. Final: Manchester 1 x 0 Busaspor.


Confira os demais resultados desta Quinta:

Twente 1 x 1 Werder Bremen
Schalke 04 3 x 1 Hapoel
Lyon 2 x 0 Benfica
Rangers 1 x 1 Valencia
Panatinaikos 1 x 1 Rubin Kasan

quarta-feira, outubro 20, 2010

PALMAS PARA JOSÉ MOURINHO.

Os críticos de José Mourinho, que falavam mal da sua campeã mas defensiva Inter de Milão, hoje se calaram. Boquiabertos tiveram que assistir os galáticos do Portuga jogarem muita bola e despacharem o Milan. Ozil, Cristiano Ronaldo, Di Maria, esses deixaram a zaga italiana tonta. Parecia que ali por trás ninguém se entendia muito bem. Era Cristiano pela esquerda, Di Maria pela direitta, Ozil em todos os cantos, um verdadeiro show galático no Bernabéu.

Enquanto isso, o Milan olhava a tudo sem poder de reação. De vez em quando a equipe de Maximiliano Allegre esboçava timidament euma subida ao ataque, mas nada que assustasse muito, tirando quando Ronaldinho Gaúcho deixou Seedorf na cara do gol, mas o holandês bateu por cima.

Penso em como será Barcelona x Real Madrid caso a equipe de José Mourinho continue jogando assim, bonito, sendo envolvente e corajosa. Tudo para termos dois lindos clássicos espanhóis nessa temporada. Quanto ao Milan, é melhor o Allegre botar a casa em ordem, porque hoje a alegria ficou mesmo foi do lado oposto. O resultado de tudo isso foi 2 x 0 para o Real, com gols de Cristiano Ronaldo aos 13 e Di Maria aos 14, da primeira etapa. Se o Real tivesse consgeuido transformar as chances criadas em gol, o Milan levaria pra Itália um saco de gol.

terça-feira, outubro 19, 2010

CHELSEA 100%.

No jogo de abertura da 3ª rodada da UEFA Champions League, o Chelsea venceu o Spartak Moscou fora de casa por 2 x 0 e manteve os 100% de aproveitamento.

Os russos não fizeram uma partida ruim, longe disso. A equipe tentava chegar trocando passes no meio campo, mas tinha dificuldade de penetrar na zaga inglesa. Em uma chegada do Chelsea ao ataque o primeiro gol. A bola ficou pererecando na intermediária e Zhirkov soltou uma bomba no canto esquerdo do goleiro. E o gol parece que desestabilizou a zaga do Spartak e Anelka teve duas chances para ampliar. Na primeira adiantou demais e não conseguiu finalizar, na segunda cortou o defensor e chutou no canto para fazer o segundo dos ingleses.

A equipe russa voltou para segunda etapa mais incisiva, buscando o gol. Mas parecia impossível penetrar na defesa adversária. E o Chelsea administrava o jogo levando perigo em contra ataques, primeiro com Anelka, depois com Essein. O gol russo parecia estar perto, mas Peter Cech estava inspirado e fez grandes defesas evitando o gol. Final: Spartak Moscou 0 x 2 Chelsea

segunda-feira, outubro 18, 2010

PARA ESPANTAR AINDA MAIS O FANTASMA.

Xô uruca! Neste sábado o Flamengo venceu o Internacional, campeão da Libertadores, por 3 x 0 no Engenhão e abriu boa vantagem para os 4 últimos colocados. Agora, o Mengão tem 37 pontos, e está na zona de classificação para sul americana, faltando ainda 8 partidas. Com o resultado, Luxa chegou a 7 pontos em 9 disputados pelo rubro negro, seguindo invicto.

O Flamengo fez uma boa partida. Não foi brilhante, mas a equipe mostrou raça, vontade e vibração. De pênalti, Deivid abriu a contagem na primeira etapa. Pouco depois foi a vez de Renato Abreu soltar uma bomba, com efeito, e ampliar de falta. A defesa se mostrava segura, o Inter não levava perigo ao gol de Lomba. O colorado estava irreconhecível, nem de longe parecia o time campeão da América de 2010. E Deivid tratou de dar números finais à partida no início da segunda etapa. Cruzamento da direita e testada do artilheiro para o fundo das redes. Fato raro em 2010: Sem sustos, trocando passes, marcando forte e seguro, o Flamengo seguiu durante todo o segundo tempo para levar mais três pontos e espantar mais ainda qualquer fantasma chamado rebaixamento.

quinta-feira, outubro 14, 2010

VASCO PIORA SITUAÇÃO CORINTIANA E AINDA SONHA.

Vasco 2 x 0 Corinthians

Durante muito tempo, ao ler a tabela de classificação do Brasileirão, as pessoas lembravam o jogo a menos que o Corinthians tinha, que poderia ao ajudar o time a conquistar o título brasileiro no ano do centenário. Porém, o efeito do jogo adiado foi negativo. Jogando em São Januário, o Vasco venceu o Timão por 2 x 0, aumentando ainda mas os problemas da equipe paulista, que agora soma seis jogos sem vencer, 2 pontos ganhos em 18 disputados.
Durante a maior parte do jogo o Vasco foi superior. E não demorou para o time de PC Gusmão abrir vantagem. Carlinhos cruzou da esquerda e Zé Roberto, 29 centímetros impedido completou para as redes. Não era dia do Corinthians e Iarley, embaixo da trave perdeu chance de empatar. Depois apareceu o talento de Felipe, passe milimétrico para Éder Luis completar para o gol. Em minutos, o jogo a menos que o Corinthians tinha só serviu para piorar o saldo e aumentar os problemas. Enquanto isso, o Vasco chega a 41 pontos e a palavra Libertadores volta a ser cogitada. Acho muito improvável.

Santos 1 x 0 Inter

Santos e Inter fizeram o outro jogo adiado. Com gol de Neymar, a equipe paulista venceu os colorados na Vila Belmiro, ultrapassaram o rival e estão a seis pontos do líder Cruzeiro. Título? Também acho improvável, mas sonhar não custa nada.

terça-feira, outubro 12, 2010

O CRUZEIRO CHEGOU!

Enfim líder. Essa é a expressão que retrata com fidelidade o momento do Cruzeiro. Duas palavras com significado muito forte. O "enfim" pois a equipe mineira, comandada pelo competente Cuca, vem apresentando o melhor futebol do país há algum tempo, mesmo que não tenha feito excelente partida contra o Fluminense. E o "líder" significa que o Cruzeiro é o time a ser alcançado na tabela neste momento, e durante pelo menos mais 6 dias.

A lidrança momentânea cruzeirense significa muito e nada ao mesmo tempo. Muito pois retrata com fidelidade o momento que alguns clubes vivem na competição. Fluminense e Corinthians, que estavam muito a frente dos demais tropeçaram nos próprios pés. O tricolor carioca pagou o preço por se retrancar demais em muitos jogos, por jogar um futebol pragmático e por problemas extra campo, incluindo a demissão do médico e de parte do departamento médico depois de declarações polêmicas de Fred. Já o Timão, time com maior torcida em SP, parecia viver um momento mágico depois de derrotar o Fluminense no Engenhão e assumir a ponta. Mas sucessivos tropeços em casa e a polêmica demissão de Adílson Batista parece que desestabilizaram a equipe.

Enquanto isso, o Cruzeiro segue em franca ascenção. Parece que nada abala o time mineiro. Os desfalques são substituídos de maneira eficiente por Cuca, a última derrota, por 4 x 1 para o Santos não abalou o elenco e a sorte está ventando a favor. Ou seja, tudo leva a apontar o cruzeiro como favorito. E acho isso faz algum tempo, na época em que a grande imprensa comparava Fluminense e Corinthians para tentar apontar um favorito ao título. Compacto, seguro, eficiente, brilhante e sortudo. Cinco pontos fundamentais para a equipe celeste ter chegado a liderança. Mais 9 rodadas, 1 mês e meio e o Cruzeiro vê, ainda que bem distante, um futuro vencedor. Mas estamos falando de campeonato brasileiro, 9 rodadas é uma eternidade, quanto mais agora que só mais uma delas acontecerá no meio de semana. Mas caso os adversários direto pelo título não melhorem o desempenho, a taça se encaminha para a raposa.

Abaixo, o Link do vídeo no you tube do zagueiro Claúdio Caçapa falando com o grupo após a vitória sobre o Fluminense:

http://www.youtube.com/watch?v=kvtGPhjyg70&feature=player_embedded

domingo, outubro 10, 2010

RODADA 29 DO BRASILEIRÃO

Cada vez mais o final do Brasileirão se aproxima e as emoções aumentam. Ao final da rodada 29 temos mudança na liderança e técnico de candidato forte candidato ao título pedindo demissão.

Vasco 3 x 3 Grêmio

Em São Januário uma bela atuação vascaína. A equipe de PC Gusmão rodou bem a bola, acelerou o jogo e convenceu, mas o resultado não reflete exatamente isso. Talvez porque o Grêmio tem Jonas, o técnico e oportunista artilheiro da competição, com 19 gols, dois desses marcados ontem. Gabriel marcou o outro para a equipe de Renato Gaúcho. Pelo Vasco, Eder Luis, Cesinha e Felipe Bastos marcaram. O resultado frustrou os torcedores, já que o gigante da Colina chegou a estar vencendo por 3 x 1.

Avaí 2 x 2 Flamengo

Depois de estrear com vitória quarta feira, Luxa mostrou que está mesmo com estrela. O técnico barrou Deivid e colocou Val Baiano. Resultado: em menos de 10 minutos dois gols do atacante. E com o resultado o Fla estava chegando a 36 pontos, abrindo boa distância da zona de rebaixamento. Mas na segunda etapa o Avaí empatou, o rubro negro teve Léo Moura e Juan expulsos e somou apenas um ponto na tabela. Nada desesperador, apenas Atlético-GO e Goiás venceram da parte de baixo e a equipe de Luxa está a 6 pontos do primeiro time que está na zona da degola.

Cruzeiro 1 x 0 Fluminense

Festa celeste em Uberlândia. Mesmo jogando uma partida abaixo do que vinha jogando o Cruzeiro de Cuca assumiu, muito merecidamente a liderança do campeonato. Fazia calor e o ritmo do jogo foi lento, o desgaste físico da série de jogos no meio e no final de semana. Cláudio Caçapa saiu machucado, depois foi a vez de Deco e assim as equipes aumentam ainda mais os jogadores no departamento médico. Welinton Paulista, que inclusive voltou hoje de contusão, marcou de cabeça o gol da partida. Sem muita criatividade a equipe de Muricy Ramalho tentou, mas não conseguiu o empate. Diga-se de passagem, que a atuação do tricolor foi acima das últimas que a equipe apresentou.

Botafogo 0 x 0 Palmeiras

Pênalti perdido por Loco Abreu no começo do jogo e o sétimo empate seguido do Botafogo na competição. Parece que o trauma que o Vasco vivia de só empatar, contagiou a equipe de Joel Santana, que vê as rodadas passarem, o final do campeonato se aproximando e sua equipe sem conseguir se aproximar muito dos três primeiros.

Outros resultados:


Santos 2 x 0 Atlético-PR

Prudente 2 x 3 São Paulo

Corinthians 3 x 4 Atlético-GO

Goiás 1 x 0 Vitória

Inter 1 x 0 Atlético-MG

Ceará 2 x 0 Guarani
Para surpresa ao final do jogo, Adílson Batista disse que não conseguiu dar sequência ao trabalho de Mano e pediu demissão. Fato estranho não?

sexta-feira, outubro 08, 2010

TEMPO QUENTE, VITÓRIA FRIA.

Um calor insuportável, segundo informações dos jogadores. Esse foi o cenário da partida entre Brasil e Irã em Abu Dhabi. O começo do jogo foi ruim para seleção de Mano Menezes. O meio campo com Phillipe Coutinho e Carlos Eduardo não conseguia criar, e o Irã amrcava forte a saída de bola. E o Irã balançou logo as redes, mas o juiz anulou o gol erradamente. E em uma das primeiras chegadas brasileiras ao ataque siau o gol. Daniel Alves cobrou falta com perfeição no ângulo esquerdo do goleiro, para abrir o marcador. Pato quase ampliou pouco depois, mas o goleiro fez boa defesa. Robinho também etve a chance de fazer o segundo gol mas acertou a trave.

Na segunda etapa o Brasil melhorou e dominou o jogo todo. Elias entrou na vaga de Philippe Coutinho e dos pés do jogador corintiano nasceu a jogada dos egundo gol. Ele tocou para Alexandre Pato que livre chutou para estufar as redes. Wesleu no lugar de Lucas, Sandro na vaga de Ramíres, Réver na vaga de Thiago Silva, Nilmar na vaga de Robinho. Aos poucos vai se formando uma equipe com a cara de Mano. André Santos aparece como boa opção pela esquerda fazendo jogadas de ultrapassagem e foi por lá que saiu o terceiro e último gol. O lateral cruzou e Nilmar completou para as redes.

quinta-feira, outubro 07, 2010

TROPEÇO DOS LÍDERES.

Os líderes do Brasileirão pisaram no freio. Fluminense e Corinthians caminhavam a passos largos, seguidos pelo Cruzeiro embalado e tudo dava a entender que o campeonato seria decidido com uma pontuação alta e que os tropeços dessas equipes seriam raros. Mas, de repente, não mais que de repente, o tricolor e o Timão frearam.

Sábado, parecia que ninguém queria ser líder do torneio. O Fluminense fez 1 x 0 no lanterna Prudente e parou no jogo permitindo o empate. Bastava ao Corinthians vencer o Ceará em casa para assumir a ponta, mas a partida terminou 2 x 2. E o Cruzeiro que teve a chance de se aproximar ainda mais empatou em casa com o Furacão. Hoje era a chance das equipes que pretendem brigar pelo título se reerguerem. quem disse que foia ssim que aconteceu?

Mais uma das muitas atuações bisonhas da equipe de Muricy Ramalho e sonoros 3 x 0 para o Santos dentro do Engenhão. Para piorar, Fred, que entrou no intervalo depois de 71 dias fora dos gramados, teve nova lesão e não tem data prevista para retornar. Tropeçar duas vezes seguidas não está no plano de quem quer ser campeão, quanto mais em reta final. Assim, o Corinthians entrou no gramado de Sete Lagoas para vencer e ser líder. E fez um primeiro tempo bom e foi para o intervalo ganhando de 1 x 0. Mas quem disse que o time manteve a postura? Recuou, se desorganizou e como resultado, virada do Galo, 2 x 1.

A ausência de vitórias do tricolor e do Timão nas últimas duas rodadas fez o Cruzeiro só depender dele para ser líder domingo. Caso vença o Goiás amanhã no Serra Dourada, a equipe de Cuca assume a vice-liderança. E domingo tem um confronto direto com o Fluminense, em caso de mais uma vitória, a equipe dorme no topo.

terça-feira, outubro 05, 2010

TROCA DE TÉCNICOS.

Como é comum no Brasil, digo até cultural, quando um time não consegue resultados convincentes, o primeiro a rodar é o técnico. Quase sempre acontece assim. Pura matemática: a porcentagem de pontos conquistada não satisfez a torcida e a diretoria, coloca-se o técnico no olho da rua. Silas e Sérgio Baresi sofreram com isso em Flamengo e São Paulo respectivamente.

Depois de 7 anos consecutivos disputando libertadores da América, o São Paulo deve enfim ficar fora do torneio sul americano. Isso porque a equipe está a 13 pontos da zona de classificação para o torneio e faltam 11 rodadas. Mas o tricolor paulista também não está perto do rebaixamento, 8 pontos a frente do Atlético-GO, primeiro time do Z-4. Esse é um dos motivos que fazem crer que Sérgio Baresi poderia ficar a frente do time até o final do ano. São apenas mais 11 jogos, o campeonato está acabando. A diretoria poderia esperar até Dezembro, e aí sim, começar com calma a pensar um nome para assumir o cargo de treinador do São Paulo em 2011. Mas não foi assim que pensou o presidente do São Paulo e Sérgio Baresi voltou para o posto de interino e para seu lugar foi contratado Paulo César Carpegianni, que abandonou o Furação, que ainda luta por uma vaga na Libertadores. Salvo alguma catástrofe, Carpegianni será o técnico do São Paulo no começo de 2011. Por sua vez, o Atlético-PR apostou na contratação de Sérgio Soares para dar seqüência aos bons resultados. Ele foi o técnico do Santo André na campanha do vice campeonato do paulista desse ano. Depois de perder mais de meio time, estava perto da zona de rebaixamento na série B.

Já o caso de Silas no Flamengo foi mais delicado. Sua breve estadia na Gávea foi conturbada. Não tudo por sua culpa, mas o treinador tem sua parcela de culpa. Após o jogo contra o Goiás, por exemplo, ele disse que "não fazia gol contra", referindo-se ao zagueiro Jean, que havia marcado um gol contra naquela partida. Isso causou instabilidade e para agravar ainda mais a situação, 10 jogos e apenas uma vitória. Zico, que o contratou, pediu demissão do cargo de diretor executivo de futebol por problemas políticos. Ou seja, Silas foi um bombeiro que não conseguiu apagar o incêndio e ainda contribuiu para ele se alastrar. Mesmo assim eu optaria por seguir com ele, até pelo menos o final do ano. Não foi assim que Patrícia Amorim decidiu fazer. Para o seu lugar foi contratado Vanderlei Luxemburgo, recém demitido do Galo. Contratação de peso e arriscada. Não gosto de analisar futebol pura e simplesmente por resultados. Mas nesse caso me parece inevitável. Se Luxa livra o Fla do rebaixamento, continua no cargo e planeja 2011, se cair com o time para a série B, será uma tragédia e uma eterna mancha para o maior clube do Brasil.

Nos últimos anos o Fla conseguiu manter os seus técnicos no comando por bastante tempo, foram no máximo dois por ano desde 2007, mas em 2010 Luxa já é o qaurto comandante rubro negro:

2007 – Ney Franco – Joel
2008 – Joel – Caio Júnior
2009 – Cuca - Andrade
2010 – Andrade – Rogério Lourenço – Silas - Luxa

domingo, outubro 03, 2010

CHELSEA VENCE CLÁSSICO LONDRINO.

Um dos maiores clássicos do futebol inglês terminou coma vitória do Chelsea por 2 x 0 em cima do Arsenal. Porém, grande parte do jogo quem foi melhor foi a equipe visitante.

L0go no minuto inicial, Sagna cruzou e Chamack cabeceou, a bola desviou emAlex e foi para escanteio. Depois da cobrança, desvio da zaga e Squilacci, sozinho, cabeceou por cima. O jogo era disputado, corrido, com os Gunners pouco melhor. Arshavin arriscou de longe e Cech espalmou. Mas pouco depois veio o gol dos Blues. E que gol! Ramíres roubou bola no meio, enfiou na esquerda para Ashley Cole cruzar rasteiro e Didier Drogba, parecendo um malabarista tocou de calcanhar, a bola pegou na trave e entrou.

Durante todo o sgeundo tmepo o Arsenal buscou jogar no campo de ataque. O Chelsea se encolheu demais, mas saía muito bem em contra ataque. Anelka roubou bola do defensor e apareceu na cara do gol, driblou Fabianski mas incrivelmente chutou pra fora. Wenger tirou Diaby para colocar Rosicky e ele até que deu velocidade ao time, que parecia estar perto de empatar. Mas aos 40 veio o gol que liquidou a partida. O brasileiro Alex soltou uma bomba em cobrança de falta e o goleiro nada pôde fazer. Chelsea 2 x 0 Arsenal. Agora, a equipe comandada por Ancelotti tem 6 vitórias e uma derrota e segue tranquila na liderança

ELEIÇÕES AQUI, FUTEBOL LÁ.

Amanhã é um dia importante para o Brasil fora dos gramados. Dia de votação para eleger os candidatos que vão representar o país, os estados e as Cidades nos próximos 4 anos. Portanto, pausa no campeonato brasileiro.

Enquanto isso, nos gramados europeus a bola rola, e muito. Muitos jogos que prometem. Destaco dois. Primeiro, o clássico da Premier League entre Chelsea e Arsenal. A equipe comandada por Ancelotti quer os três pontos para o vice líder Manchester, que tropeçou hoje, empatando em 1 x 1 com o Sunderland. Já a equipe de Arsene Wenger, tenta vencer para ultrapassar o Manchester, chegar a vice liderança e ficar um ponto apenas atrás do líder Chelsea. Lembrando que o Manchester City tem os mesmos 11 pontos do Arsenal mas tem 4 gols a menos de saldo e enfrenta o Newscastle amanhã, em casa.

Deposi de perder a liderança hoje, graças a vitória do Milan por 1 x 0 sobre o Parma, fora de casa, a Inter tem a missão de vencer o Juventus no San Siro para tentar voltar a liderança. Isso porque a Lazio tem os mesmos 11 pontos e três gols a menos de saldo e enfrenta o Brescia dentro de casa. Caso a Inter empate com a Juventus, ficará com o mesmo número de pontos do Milan, mas na frente por causa do saldo.

Enfim, os campeonatos internacionais ainda estão no começo, mas os pontos acumulados nesse estágio podem são fundamentais para o futuro de cada equipe dentro da competição.

Bom domingo futebolístico e boa votação a todos!

sábado, outubro 02, 2010

BALANÇO DA 27ª RODADA.

A rodada 27 do campeonato brasileiro foi marcada por empates. Das 10 partidas disputadas, 6 terminaram em igualdade. Assim, pouco se alterou na tabela de classificação.

Grêmio, Inter, Vasco e Atlético-MG foram os quatro times que conseguiram triunfar. Desses, acho que Vasco, Inter e Grêmio não irão lutar por nada nas últimas rodadas do brasileirão. Isto é, vão escapar do rebaixamento logo e não vão lutar por vagas na libertadores. No caso do inter, não creio que a equipe lute pelo título, pois a vaga na libertadores está assegurada, já que a equipe conquistou a título da competição este ano. A rodada foi boa mesmo para o Atlético-MG, já que foi a única equipe que ocupa as últimas posições a conseguir três pontos.

No caso das equipes que foram derrotadas, todas estão na parte inferior da tabela. O Goiás está na zona de rebaixamento e Avaí, Vitória e Guarani estão ali por perto. Pior ainda para a equipe catarinense e baiana, já que jogaram perto da sua torcida e agora saem na próxima rodada para enfrentar respectivamente Palmeiras e São Paulo.

Ao todo, 26 gols na rodada, uma média de 2,6 por partida. Confira abaixo os resultados da rodada:

Vasco 3 x 2 Goiás
Prudente 1 x 1 Fluminense
Santos 1 x 1 Palmeiras
Vitória 0 x 3 Grêmio
Corinthians 2 x 2 Ceará
Botafogo 1 x 1 Flamengo
Cruzeiro 0 x 0 Atlético-PR
Inter 3 x 0 Guarani
Atlético-GO 2 x 3 Atlético-MG
Avaí 0 x 0 São Paulo

TUDO IGUAL NO ENGENHÃO.

A grande dúvida para o clássico entre Botafogo x Flamengo era se o rubro negro iria entrar em campo abatido ou não depois de saída de Zico do cargo de diretor executivo de futebol. Mas a equipe correu, lutou e saiu de campo com um empate em 1 x 1 neste sábado pré eleitoral.

Achei o resultado pior para o alvinegro, que precisa subir na tabela para entrar na zona de classificação para libertadores. Enquanto isso o Flamengo somou mais um pontinho e garantiu mais uma rodada fora de zona de rebaixamento.

O primeiro tempo começou com as equipes se estudando muito e aos poucos o Flamengo foi se mostrando superior. Mas o primeiro gol foi da equipe de Joel Santana. Falta de Renato Abreu na intermediária, lance que inclusive gerou muita polêmica e Lúcio Flávio bateu com perfeição, na gaveta. E assim a primeira etapa chegou ao fim.

Na segunda etapa o Flamengo foi pra cima em busca do empate e o Botafogo jogava nos contar ataques. Mas nenhuma das equipes conseguia muito sucesso. O Fla tinha dificuldades de furar a zaga adversária e o Botafogo não encaixava o contra golpe mortal. Assim a partida parecia caminhar para vitória alvinegra, até que um lance bobo mudou o rumo do jogo. Pela esquerda de ataque rubro negro, Alessandro bobeou, perdeu a bola para Ronaldo Angelim e cometeu pênalti, sendo expulso de campo por já ter o amarelo. Pet cobrou, Jéferson defendeu e na sobra Léo Moura completou para o gol. A dúvida é se o lateral rubro negro invadiu a área antes da cobrança. Tudo levava a crer que com empate e um a mais o Flamengo fosse pra cima, mas pouco Renato Abreu entrou duro em Túlio Souza e foi expulso, jogando uma ducha de água fria nos flamenguistas. Assim o jogo se arrastou até o apito final.

FLU TROPEÇA DIANTE DO LANTERNA.

Mas uma atuação ruim do Fluminense. Só que dessa vez a sorte não ajudou e a equipe de Muricy Ramalho empatou com o lanterna Grêmio Prudente. Um resultado muito ruim que pode fazer falta lá na frente. A boa notícia é que o Corinthians tropeçou em casa contra o Ceará, empatando em 2 x 2. Pontos que também podem fazer falta ao clube paulista na empreitada que visa a conquista do título brasileiro no ano do centenário.

O gramado da partida estava muito ruim, cheio de lama e isso contribuiu para o jogo ficar ruim. O tricolor criou mais no começo e esbarrou no goleiro Giovanni. Até que aos 33, Conca, sempre ele, cruzou da esquerda e Rodriguinho emendou de primeira, abrindo o placar.

A equipe da casa voltou para o segundo tempo melhor, buscando o emapte. Já o tricolor começou com aquele jogo burocrático, esperando algum contra ataque para ampliar a vantagem. Deco saiu machucado dando lugar a Marquinhos. E a chance de fazer o segundo saiu dos pés de Conca mais uma vez. Ele deu lindo passe para Rodriguinho, que cara a cara com o gol chutou em cima do goleiro. E o castigo veio aos 27, após erro de marcação no meio, a bola chegou para Willian pela direita, que sem marcação avançou e chutou cruzado, empatando a partida. Para tentar o gol da vitória, Muricy tirou Rodriguinho e colocou Júlio César, mas pouco adiantou. Nos acréscimos Rafael ainda fez linda defesa em chute cruzado, evitando o pior.

A equipe de Muricy continua na liderança, com três pontos de vantagem para o Timão. Caso o Cruzeiro vença o Atlético-PR, assume a vice-liderança e a diferença passa para dois pontos do Flu para o segundo colocado.

VASCO VENCE E SE DISTANCIA DO Z-4

Parece que o pesadelo chamado empate, que rondava São januário e a proximidade da zona de rebaixamento deram uma trégua ao gigante da Colina. No único jogo do dia, que abriu a 26ª rodada, os cruzmaltinos se superaram e venceram de virada o Goiás.

A equipe comandada por Jorginho esteve duas vezes a frente no amrcador, mas o Vasco conseguiu a reação e com gol de Zé Roberto, aos 36 da segunda etapa, selou mais uma vitória da equipe, a segunda seguida, já que na última Terça os comandados de PC Gusmão bateram o Santos.

Uma notícia boa e uma ruim para os vascaínos. Felipe se lesionou novamente, mas não parece ser nada muito sério. Agora, a equipe ocupa a 10ª colocação com 36 pontos, 11 da zona da libertadores e 10 do Z4. Difícil acreditar que o Vasco tenha forças para encostar nos líderes e improvável que a equipe corra perigo de rebaixamento.

sexta-feira, outubro 01, 2010

CHEGA AO FIM A 2ª ERA ZICO NO FLAMENGO.

Hoje é um dia triste para o futebol. Zico, um dos maiores ídolos do Flamengo, clube mais popular do Brasil, se demitiu do cargo de diretor executico de Futebol, que atuava dentro do Clube.

Segundo ele, foi muito difícil tomar essa decisão, mas estava sendo desgastante até para sua família, que recebia acusações a todo momento. É triste essa situação. Confesso que não tenho base alguma para falar dos problemas e das crises que acontecem internamente no clube. Confesso que não tneho base para falar se Zico está certo ou errado, se cometeu ou não erros graves em sua breve passagem de três meses pelo clube. Mas digo que acho basante improvável, que o Galinho estivesse fazendo conscientemente, algo que viesse a prejudicar o clube de Regatas do Flamengo, o qual ele deu tantas alegrias e tantos títulos.

A grandeza do Flamengo, a torcida do Flamengo e os títulos do Flamengo se devem muito à Zico. O mínimo que ele merecia é uma chance. As decisões tomadas por ele ao lado da presidente Patrícia Amorim devriam ser acatadas de maneira no mínimo respeitosa. Mas pelo visto isso não vinha acontecendo.

Manifestações das torcidas organizadas devem acontecer. De fato não sei o futuro do clube. Não desse time de futebol que se encontra em posições inferiores na tabela de classificação, mas sim do Clube de Regatas do Flamengo como um todo.

Zico teve duas passagens no Flamengo. A primeira como jogador, que durou anos e que culminou nos momentos das maiores glórias do clube. Já a segunda, durou apenas três meses e não fez os rubro negros comemoraram. Pelo contrário, faz os flamenguistas ficarem com medo, e com razão, Medo do tamanho do monstro em que estão transformando o Flamengo.

Zico disse que morreu em seu coração o Flamengo de hoje. Pois é Zico. Mas o que você fez pelo Flamengo jamais morrerá nos corações dos rubro negros.